Vóvó

20160723_070930

A minha avó era daquelas avós “a sério”. O tipo de avó que eu gostaria de ser…

Contou-me histórias de encanto e de encantar e criou no meu espírito um lugar para a magia e fantasia.

Nos dias mais “cinzentos” tinha sempre um mimo à minha espera e, assim, aprendi a dar valor às surpresas que o dia-a-dia nos reserva.

Ah! Como era delicioso o cheiro dos bolos acabados de fazer, que invadia a casa em dias de chuva! Era um cheiro que entrava em nós e aquecia-nos por dentro.

Com ela percebi que são as pequenas coisas que dão sabor à vida. E com ela desabrochou em mim a confiança no ser humano.

Fez-me acreditar no Amor sem condições, nem medida. Fez-me acreditar em mim e na luta pela minha felicidade. Percebi que apesar de não ser o centro do Universo, para ela era como se eu fosse. Descobri que era uma pessoa com qualidades e com defeitos que podia e devia corrigir; com problemas e soluções; risos e lágrimas e que podia sempre, sempre contar com ela.

Ensinou-me a nunca cruzar os braços, a enfrentar os meus medos e desafios da vida, mas acima de tudo, ensinou-me que o caminho para a felicidade, passa sempre por dar o meu melhor ao serviço dos outros.

Era uma Avó a valer!

Advertisements

2 thoughts on “Vóvó

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.