Reminiscências

E de repente a saudade bateu forte… Não uma saudade qualquer. Aquela Saudade saudade… E queria voltar a Lisboa, a Benfica, à minha rua… na passagem de ano! E voltar a fazer um brinde ao Ano Novo de janela para janela, para a janela do lado, para a janela do lado de lá da rua, para a janela da rua ao lado e para a janela de cima! Aquele elo entre pessoas conhecidas ou não, em diferentes janelas, em diferentes ruas, mas com a mesma vontade de ser feliz, com a mesma convicção de “este ano é que é!”

E voltar a bater as panelas e fazer barulho para dizer adeus ao Ano Velho e dar as boas vindas ao Ano Novo! E ficar a bater até os braços cansarem e ficar feliz só porque acreditava que a minha rua tinha ganho o concurso do barulho! E no dia seguinte lá estávamos todos a distribuir grandes sorrisos e votos de Feliz Ano!

Saudades de sentir felicidade por só ter duas tampas de panelas na mão…

Feliz Ano 2022!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.