Espíritos fortes

Nem sempre uma voz serena é sinal de uma vida calma, nem todos os olhos sorridentes viram só momentos felizes, mas uns e outros existem em pessoas de espírito forte.

Ao ouvirmos a sua história de Vida, ficamos a saber, que momentos houve que se sentiram derrotados (só por um instante), que quase ficaram sem esperança (só por um instante), que choraram sozinhos, que se sentiram destroçados e esgotados em todas as suas forças, que sentiram o peso do julgamento dos outros acerca das suas escolhas, das suas acções, das suas origens, do seu aspecto. Mas esses momentos não passaram disso mesmo, momentos, instantes que serviram de ensinamento, de reflexão, que os fizeram abrandar o ritmo da sua passada, o tempo suficiente para ganharem balanço para a próxima etapa, foram degraus onde recuperaram e ganharam fôlego para o nível seguinte. Esses espíritos fortes aprenderam a olhar a vida de outra perspectiva de cada vez que a vida lhes foi adversa, aprenderam a erguer a cabeça depois de cada derrota, aprenderam a não desistir, nem permitir que nada quebre a sua vontade, que nada esgote o seu Amor ao próximo.

Pessoas fortes não são conformadas, lutam por aquilo em que acreditam e transformam o mundo através do seu exemplo, das suas palavras e da partilha do seu tempo, sem alarido, sem grandes manifestações. Encontrando tempo para estar com os outros, ensinam o quão importante é conversar, rir e distribuir sorrisos e abraçar lágrimas. Sabem que o Tempo é um bem precioso que deve ser esbanjado e partilhado com outros.

Aqueles de nós que temos o privilégio de sermos tocados por estas vidas, somos contagiados pela sua forma de viver, pelo seu carácter, pela sua serenidade. Aprendemos com eles a ter uma vontade de ferro, mas que sabe ceder pelas razões certas, aprendemos que todas as nossas acções têm consequências e por isso devemos ponderar bem cada decisão, cada atitude. Aprendemos a ter amor próprio, mas carregado de humildade e perdão, aprendemos por fim que desconhecemos a história por detrás de cada rosto e por isso não devemos ser rápidos no julgamento, mas antes lestos a tornar a vida mais leve daqueles que nos rodeiam. Aprendemos que a Vida não é perfeita, mas bons momentos são aqueles que partilhamos com aqueles que amamos, bons momentos são aqueles em que nos ultrapassamos a nós próprios, bons momentos são aqueles em que colocamos esperança e sorrisos nos olhos dos outros e, graças a essas pessoas de espírito forte e coração compassivo, sabemos que a Vida está cheia de bons momentos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.