Os Donos da Quinta

IMG_4382Um dia o Sr. Porco e a Sra. Vaca arranjaram uma Quinta. Mas era uma quinta diferente onde só cresciam flores.

“Se só tinha flores seria um jardim e não uma quinta”, dizem vocês. Até podem ter razão, mas ninguém conseguia convencer estes dois disso.

“E que flores vamos nós ter na nossa quinta?”, perguntou o Porco.

“Aquelas que quiserem vir para cá!” exclamou a Vaca.

Mas o Porco não concordou, não se podia abrir a porta a qualquer flor, uma flor mal-comportada poderia estragar toda a harmonia da Quinta. Assim, decidiram conversar com cada semente transportada pelo vento e instalaram-se à porta e esperaram… E esperaram… E esperaram… E adormeceram à espera. Qual não foi o seu espanto quando olharam em volta e viram uns moinhos de vento a enfeitar os contornos da Quinta, mas nada de flores.

“Como chegaram vocês até aqui?”, perguntaram aos novos inquilinos.

“Viemos no vento”, responderam.

“Por acaso, vieram sozinhos ou tiveram umas sementes por companhia?”

“Sim, vieram connosco algumas sementes, que procuravam novo lar.”

“Que bom! Se vieram com uns amigos tão coloridos, só podem ser flores lindas, coloridas e divertidas.”

E mais uma vez, quem passasse por ali, encontrava um porco e uma vaquinha sorridentes à porta daquele pedacinho de terra. De nada lhes valia ficarem preocupados agora com as flores que tinham escolhido aquele sítio para morar, por isso decidiram não se preocupar demasiado com pormenores e receberem de braços abertos o que o vento lhes trouxera

Dentro em pouco, as sementes eclodiram e a terra adquiriu diferentes tonalidades de verde. Uns dias mais tarde, umas cabecinhas teimavam em espreitar o Sol. A pouco e pouco os rebentos foram crescendo e dando alegria à Quinta das Flores.

O Sr. Porco e a Sra. Vaca estão muito orgulhosos do seu pedacinho de terra, tão colorido e cheio de flores. Quem passa por ali não consegue ficar indiferente à boa disposição que ali reina  e é contagiado pelos sorrisos das flores e dos nossos amigos.

“E diz lá se isto não é uma Quinta? Só que em vez de criarmos alimentos, criamos sorrisos!”

“Tu és mesmo teimoso, meu amigo Porco, desde o início que chamaste a isto  Quinta e conseguiste arranjar uma explicação para lhe continuares a chamar Quinta das Flores, se bem que depois do que disseste talvez fosse boa ideia mudar o nome para Quinta de Sorrisos”, disse a Sra. Vaca.

“Sabes que tens razão! Quinta de Sorrisos será!”

E agora têm à porta um cartaz a dizer:

BEM-VINDOS À QUINTA DE SORRISOS!
 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s